Terça-feira
22 de Junho de 2021 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,04 5,04
EURO 6,00 6,00
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,01 7,01
PESO (ARG) 0,05 0,05

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
27ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Brasíl...

Máx
27ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Hoje - Niterói, RJ

Máx
24ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Niteró...

Máx
24ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - São Paulo, SP

Máx
22ºC
Min
13ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - São Pa...

Máx
18ºC
Min
12ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
24ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de ...

Máx
23ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

RJ: Secretaria de Fazenda fiscaliza cerca de 200 empresas na Operação Maçarico

  A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-RJ) iniciou nesta segunda-feira (10/05) a Operação Maçarico XX. O objetivo é combater as chamadas empresas noteiras, aquelas que emitem notas fiscais de operações inexistentes para gerar créditos de ICMS de maneira irregular. Desta vez, os auditores fiscais da Receita Estadual vão vistoriar 231 estabelecimentos em 48 cidades, entre elas Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Niterói, São Gonçalo, Volta Redonda, Macaé e Campos dos Goytacazes. Juntos, esses contribuintes emitiram um total de mais de R$ 2,4 bilhões em notas fiscais nos últimos 12 meses.- O trabalho dos auditores fiscais da Receita Estadual é crucial no combate a irregularidades e para o fortalecimento da arrecadação.  É preciso estancar a prática de atividades ilegais. A emissão de notas fiscais de operações que não existem, quando confirmadas, podem levar ao cancelamento das inscrições estaduais destes contribuintes - destaca o secretário de Estado de Fazenda, Nelson Rocha.A fraude acontece, principalmente, em empresas recém-abertas ou que estavam inativas por um longo tempo e passaram a emitir ou receber um grande volume de notas fiscais em um curto intervalo de tempo. Caso as suspeitas sejam confirmadas, os créditos irregulares de ICMS serão anulados e as empresas terão as suas inscrições estaduais canceladas. - É fundamental para o estado ter um bom ambiente de negócios. E isso passa também pelo combate à concorrência desleal - afirma o governador Cláudio Castro.O trabalho, executado pela Auditoria Fiscal Especializada de Trânsito de Mercadorias e Barreiras Fiscais (AFE-14), é gerenciado pela Subsecretaria Adjunta de Fiscalização (SAF) da Sefaz-RJ.
11/05/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  2847429
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.