Sábado
31 de Julho de 2021 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,12 5,12
EURO 6,08 6,08
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,12 7,13
PESO (ARG) 0,05 0,05

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
26ºC
Min
13ºC
Predomínio de

Domingo - Brasília, D...

Máx
25ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Hoje - Niterói, RJ

Máx
19ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Domingo - Niterói, RJ

Máx
20ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Hoje - São Paulo, SP

Máx
17ºC
Min
6ºC
Predomínio de

Domingo - São Paulo, ...

Máx
19ºC
Min
7ºC
Nublado

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
20ºC
Min
15ºC
Predomínio de

Domingo - Rio de Janei...

Máx
21ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Corregedorias são fundamentais para unir o Judiciário, diz Humberto Martins no 5º Fonacor

​​O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF), ministro Humberto Martins, afirmou nesta segunda-feira (21) que as corregedorias de Justiça possuem papel decisivo na evolução integrada do Judiciário brasileiro, por meio do acompanhamento da execução das metas nacionais de prestação jurisdicional, e de gestão administrativa e financeira.A declaração foi feita na cerimônia virtual de abertura do 5º Fórum Nacional das Corregedorias (Fonacor). O evento, promovido pela Corregedoria Nacional de Justiça do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tem por objetivo debater os desafios enfrentados na implementação da Estratégia Nacional do Poder Judiciário. A quinta edição do Fonacor busca, também, discutir a formulação da Estratégia Nacional das Corregedorias para 2022.Em seu discurso, o presidente do STJ conclamou os corregedores de Justiça a seguirem engajados na sua missão de promover o contínuo aperfeiçoamento do Judiciário a serviço da cidadania brasileira."Sigamos zelando pela dignidade e pelo engrandecimento do Poder Judiciário, pelo respeito às nossas instituições e pelo atendimento aos anseios da sociedade, contribuindo para firmar as bases que permitirão às gerações futuras viver em um Brasil mais justo, próspero e solidário", exortou o ministro Humberto Martins.Antes de presidir o STJ, ele ocupou o cargo de corregedor nacional de Justiça, no biênio 2018/2020. Entre as iniciativas da sua gestão, está a edição do Provimento 80/2018 do CNJ, que criou o Fonacor.Desafios da pandemiaAnfitriã do evento, a corregedora nacional de Justiça, ministra Maria Thereza de Assis Moura, ressaltou que os impactos trazidos pela pandemia da Covid-19 seguem exigindo de todos – pessoas e instituições – a necessidade de se reinventar. Com relação ao Judiciário, Maria Thereza avaliou que o processo de digitalização da Justiça continuará em ritmo acelerado após a superação da crise sanitária."A retomada paulatina da rotina ordinária será permeada por essa nova realidade, demandando mudanças nos processos de trabalho em um ciclo contínuo de aperfeiçoamento que exigirá alinhamento, estratégia e perseverança", observou.Programação do 5º FonacorA presente edição do Fórum Nacional das Corregedorias acontece até esta terça-feira (22). Serão abordados temas como a contribuição das corregedorias para a celeridade processual, o panorama atual do sub-registro no país e a importância das inspeções e correições.O encerramento será feito pela corregedora nacional de Justiça, ministra Maria Thereza de Assis Moura.​
21/06/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  3018869
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.