Terça-feira
22 de Junho de 2021 - 

Intranet

Clientes / Advogados

Notícias

Boletins

Assine e receba nossas atualizações jurídicas

Bolsas de Valores

Bovespa 0,92% . . .
Dow Jone ... % . . .
NASDAQ 0,02% . . .
França 0,43% . . .
Japão 1,86% . . .
S&P 500 0,31% . . .

Cotação de Câmbio

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,04 5,04
EURO 6,00 6,00
IENE 0,05 0,05
GUARANI 0,00 0,00
LIBRA ES ... 7,01 7,01
PESO (ARG) 0,05 0,05

Webmail

Institucional / Colaboradores

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

Máx
27ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Quarta-feira - Brasíl...

Máx
27ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Hoje - Niterói, RJ

Máx
24ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Niteró...

Máx
24ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - São Paulo, SP

Máx
22ºC
Min
13ºC
Chuvas Isoladas

Quarta-feira - São Pa...

Máx
18ºC
Min
12ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
24ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de ...

Máx
23ºC
Min
21ºC
Parcialmente Nublado

AL: Governador possibilita parcelamento especial para empresas do Simples Nacional

O Governo de Alagoas publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) edição de sexta-feira (07), o Decreto 74.205, que dispõe sobre a Instituição de Programa de Parcelamento e de Redução de Débitos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), optante pelo Simples Nacional. O período de adesão começa a partir do dia 1º de junho.De acordo com o documento, os débitos de ICMS relativos a fatos geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2020, constituídos ou não, inscritos ou não em dívida ativa, ajuizados ou não, não abrangidos pelo Simples Nacional, poderão ser liquidados à vista ou em parcelas, observadas as condições e limites previstos no Decreto. Em relação às parcelas deverá ser observado o valor de cada, não poderá ser inferior a R$ 100,00, no caso de ME optante pelo Simples Nacional; R$ 200,00, no caso de EPP optante pelo Simples Nacional.Poderão também ser liquidados, os débitos relativos ao ICM e ICMS inerente a fatos geradores não abrangidos pelo Simples Nacional, remanescentes de parcelamento em curso ou cancelado. O valor de cada parcela não poderá ser inferior a R$ 500,00 nos demais casos.“Esse parcelamento é promovido com carga tributária reduzida, na qual o desconto é feito diretamente do imposto. Mais um benefício disponibilizado pelo Governo, que faz parte do pacote econômico emergencial, para socorrer as empresas em dificuldade financeira, sobretudo os pequenos empresários. Isso permitirá a sobrevivência das milhares de pequenas e médias empresas que estão com tributos em atraso, ou alguma pendência na Sefaz, sem perder a condição de contribuinte do Simples Nacional”, destaca o Secretário Especial da Receita Estadual, Luiz Dias.
11/05/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitante nº  2847360
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.